Para você comer e beber muito bem em restaurantes na Itália – Parte II – Primo Piatto

Para você comer e beber muito bem em restaurantes na Itália – Parte II – Primo Piatto

Dando continuidade sobre dicas, curiosidades e informações para você comer e beber muito bem em restaurantes na Itália onde já falamos sobre a Pizza e os Antipasti, falaremos agora sobre o Primo piatto (primeiro prato) que é servido logo após os Antipasti – as “entradinhas”.

Primo piatto – primeiro prato

São os pratos ricos em carboidratos como as massas, os risottos e as sopas. As massas e os risottos estão em todos os restaurantes já as sopas, nem sempre.

As Sopas na Itália – diferença entre Zuppa Minestra

A “Zuppa” é uma sopa mais densa, feita com legumes e servida com pedaços de pão ou torradas. A “Zuppa di piselli”  (sopa de ervilhas) é a mais encontrada.

A “Minestra” é uma sopa mais liquida, preparada com caldo de carne (mais encontrada) ou caldo de vegetais.  Nesse caldo são cozidas as verduras e o macarrão ou riso, que é um arroz típico para risotto. O grão-de-bico é muito utilizado na “Minestra”.

O que comer e beber nos restaurantes da Itália
Minestra do Hotel Alpenhotel Ratsberg em Dobbiaco (Trentino-Alto Adige) Itália.

 

As Massas italianas

A massa – para nós, macarrão – é chamada de “pasta” na Itália. Ela faz parte da vida e da cultura popular e cada região tem seu prato típico. É servida sempre “al dente“, não muito cozida. Os formatos das massas e seus molhos possuem uma variedade muito grande. Exemplo de algumas massas:

Lasagna – é um dos símbolos da culinária italiana. A mais famosa é a Lasagne alla Bolognese que é preparada com molho Ragù Bolognese cujos ingredientes são: carne moída de boi, pequena quantidade de carne moída de porco, cebola, sal, aipo, cenoura picada bem pequenininha, extrato de tomate e um pouco de vinho tinto. Para montar a lasagna, intercala-se a massa para lasagna branca e/ou verde preparada com espinafre, molho ragù, molho béchamel e queijo parmigiano ralado. É muito saborosa e delicada!

Tortelli – é um pastelzinho recheado com muitas variações. Pode ser de carne, de abóbora – como os das fotos abaixo, de ricota com espinafre, etc. É uma delicia!

O que comer e beber nos restaurantes da Itália-Tortelli di sfoglia ripieni di zucca al carpaccio di tartufo e parmigiano
“Tortelli di sfoglia ripieni di zucca al carpaccio di tartufo e parmigiano: (tortelli recheado com abóbora ao tartufo e parmesão). Osteria Pianoforte. Ravenna, Italia.

 

O que comer e beber nos restaurantes da Itália-Tortelli di zucca
“Tortelli di zucca (abóbora)”. Ristorante Romani. Parma, Italia.

Spaghetti – a massa é feita somente com farinha de trigo “grano duro” e água. Existem várias espessuras, a mais fina é conhecida como “capelli d’angelo”, cabelinhos de anjo. O prato mais famoso é o Spaghetti al Pomodoro que é spaghetti ao molho de tomate com folhas de manjericão, podendo ser colocado o queijo ralado por cima.

O que comer e beber nos restaurantes da Itália-Spaghetti pomodoro fresco e basilico con ricotta salata
“Spaghetti pomodoro fresco e basilico con ricotta salata” (spaghetti com tomates frescos, manjericão e ricota salgada). Ristorante La Forchetta, Parma, Italia.

Penne – parecem pequenos canudinhos. O queridinho é o Penne all’Arrabbiata, típico da região do Lazio e é encontrado em qualquer restaurante de Roma. É um prato picante preparado com tomate sem pele, salsa picada e pimenta vermelha.

Cannelloni – seu formato é cilíndrico, o seu interior é recheado e o cozimento é feito no forno com molho de tomate e/ou molho béchamel por cima. Seus recheios podem variar, os mais encontrados são recheios de queijos, ricota, carne moída ou espinafre.

Tagliatelle – são massas cortadas em tiras finas. A receita clássica é o Tagliatelle al Ragù Bolognese. Outros tipos de molhos com tartufos, funghi e frutos do mar são muito apetitosos também.

O que comer e beber nos restaurantes da Itália-Tagliatelle ai funghi porcini
“Tagliatelle ai funghi porcini”. Trattoria al Cerchio. Ravenna, Italia.

Veja outros tipos de massas:

O que comer e beber nos restaurantes da Itália-Agnolottini del Plin al burro e salvia
Agnolottini del “Plin” al burro e salvia. (Agnolottini fechados de uma forma diferenciada e passado na manteiga e salvia). Ristorante Monferrato. Torino, Italia.

 

O que comer e beber nos restaurantes da Itália-Casoncelli di carne con burro e salvia
“Casoncelli di carne con burro e salvia” (massa recheada de carne com manteiga e salvia). Ristorante Al Frate. Brescia (Lombardia), Italia.

 

O que comer e beber nos restaurantes da Itália-Pappardelle de cinghiale
“Pappardelle de Cinghiale” (javali). Osteria La Capannina. Torino (Piemonte), Itália.

O Risotto

risotto é feito com “riso”, um arroz próprio para risotto como Arborio, Carnaroli, Vialoni Nano, etc. O risotto base consiste nos seguintes ingredientes: riso, cebola, manteiga e/ou azeite, vinho e caldo de carne, verdura ou legumes. Não pode deixar secar totalmente o caldo, o risotto deve ficar molhadinho e cremoso. A partir dessa base, pode-se criar outros tipos de risottos que são muito apetitosos!

O que comer e beber nos restaurantes da Itália-Risotto ubriaco al lambrusco, ragu di culatello e crema di porri
“Risotto ubriaco – al lambrusco, ragù di culatello e crema di porri” (risotto preparado com lambrusco, carne de porco salgada e creme de alho-poró). Ristorante La Cucina del Maestro. Parma, Italia.

Veja alguns tipos de “risotti”:

Risotto alla Milanese – riso, queijo, manteiga, caldo de carne, cebola e açafrão.

Risotto alla parmigiana – riso, manteiga, cebola, vinho branco, caldo de carne, sal e queijo.

Risotto agli spinaci (espinafre) – riso, azeite, cebola, espinafre, caldo de vegetais, sal e panna que parece um creme de leite fresco.

Risotto ai frutti di mare – riso, azeite, alho, vinho branco, caldo de peixe, mariscos, mexilhões, ameijoas, sal e queijo.

Risotto al radicchio (chicória) – riso, manteiga, azeite, cebola, vinho branco, caldo de carne, chicória, sal e queijo

Risotto ai funghi (cogumelos) – riso, azeite, manteiga, cebola, sal, caldo de carne, pimenta preta moída, salsa picada e Funghi Porcini frescos ou Funghi secos. É um dos pratos mais conhecidos e saborosos!

Risotto al limone e gamberetti (camarão) – riso, manteiga, cebola, sal, caldo de vegetais, pimenta, vinho, limão e camarão.

Risotto al nero di seppia (tinta de lula) – riso, azeite, sal, pimenta, vinho e nero di seppia.

Dentre todos os risottos existe um que, para mim, é excepcional: a Panissa Vercellese.

Panissa é um risotto típico da cidade de Vercelli, no Piemonte, e será mais facilmente encontrado nessa região. Acredito que de todos os risottos, esse, em especial, irá agradar a todos os brasileiros. É preparado com riso, feijão, bacon sem a casca, linguiça magra, cebola, sal, manteiga, azeite, caldo de carne e vinho tinto. Esse risotto é muito saboroso, suculento e apetitoso. Completamente diferente dos risottos que conhecemos, imperdível!

O que comer e beber nos restaurantes da Itália-Panissa
“Panissa”. Osteria La Capannina. Torino (Piemonte), Itália.

 

O próximo post será sobre o Secondo Piatto (segundo prato) e o Contorno, não perca! Espero por você!

Veja abaixo todos os posts relacionados, é só clicar:

Para você comer e beber muito bem em restaurantes na Itália – Parte I – Pizza e Antipasti

Para você comer e beber muito bem em restaurantes na Itália – Parte III – Secondo Piatto e Contorno

Para você comer e beber muito bem em restaurantes na Itália – Parte IV – sobremesas e bebidas

Boa viagem, bom apetite e um brinde à boa mesa!

Deixe um comentário

2 Comentários em "Para você comer e beber muito bem em restaurantes na Itália – Parte II – Primo Piatto"

avatar
Sort by:   newest | oldest
trackback

[…] Para você comer e beber muito bem em restaurantes na Itália – Parte II – Primo Piatto […]

trackback

[…] Para você comer e beber muito bem em restaurantes na Itália – Parte II – Primo Piatto […]

Siga o Caixa de Viagens

Digite seu e-mail para receber novidades e publicações gratuitamente

Siga o blog